Lua Nova em Virgo – um convite a desintoxicações e a primavera

20/Set/2017, às 02:30 (br) e 05:30 (ut)

Por Aline Camargo, Agente 76

É na madrugada de vinte de setembro que a Lua se torna nova, às 02:30 (br) e 05:30 (ut) esse encontro acontece, com muita gente também em Virgo: Vênus, Marte e Mercúrio.

Estamos atravessando momentos de tensões envolvendo forte barreira com as diferenças, com a apresentação da intransigência e caso algo mude o percurso do que se espera a tarja preta se faz presente, ou o abuso na colocação das coisas também se apresenta.

Mercúrio em virgo busca o máximo do aperfeiçoamento da fala e do pensar, mas em conjunção com marte esbarra na impaciência e quando não se toma cuidado, na perversidade da necessidade de se fazer ouvido, seguido e quando possível que seja só de um jeito.

Nessa Lua Nova, Marte e Mercúrio em Virgo seguem em oposição com Netuno, o que pede já há alguns dias, a necessidade do cuidado e de não se colocar como vítima de tudo e sim perceber nuances de compreender o que pode ter mudado.

Vênus recém-chegada a Virgo se aproxima de Marte e Mercúrio e assim a ênfase na necessidade de tudo nos mínimos detalhes pode sofrer alteração de percepção e causar mais ainda transtornos, pois o desejo pausa em querer só de um jeito e taxar isso como certeza universal.

O encontro do Sol e da Lua já é um despedir das engrenagens, pois mergulharão em libra e se desenhará uma nova dança, novos debates onde se tenta uma diplomacia que pode caber a um só, que busca a todo custo não ficar no “não morreu em mim”. Um grande trabalho que se segue para desconstrução de egos, superegos, ultra egos e quantos termos se queira dar ao ego.

Mas é em Virgo a Lua Nova, a possibilidade de se rever e construir novas formas de desconstruir engrenagens e produzir fluxos livres e leves. Para tanto é necessário descer do topo e compreende outros funcionamentos e não desejar que esses se coloquem como o seu desejo gostaria.

Lidar com a diferença é também saber lidar com o erro, e tanta ênfase assim em virgo, fica como um grande convite a desenferrujar engrenagens e se abrir ao diferente, ao desconhecido, sem o medo de possivelmente errar – afinal somos ainda humanos.

Marte, Mercúrio, Vênus, Sol e Lua, todos na terra mutável do zodíaco, respire fundo, provoque desintoxicações necessárias a você, caso não as perceba observe onde na sua vida tá enroscando, é lá que a necessidade de limpeza existe.

Logo a primavera chega e junto as possibilidades de florescer relações e ações, ou simplesmente findar ciclos e seguir novos. Seja qual for sua necessidade, não fuja. Encare se proponha, não tenha medo de escolher um lado.

Vênus em Virgo: 00°12’

Marte e Mercúrio em Virgo: 09°24’ – 12°33’ opostos a Netuno em Peixes: 12°26’

Lua conjunta ao Sol em Virgo: 27°27’

Por Aline Camargo, Agente 76

Perfil e Contatos da Agente 76 

Imagem engrenagens: Laura Harris